a maior das felicidades

não me quero alongar porque na verdade não quero escrever sobre nada. é estranho, quero só escrever porque isso me dá prazer e na verdade nada mais nos pode fazer feliz que fazer aquilo que gostamos.
outrora teria uma lamentação a fazer, uma pessoa para felicitar, um bom momento a recordar ou uma história para contar, e embora seja possível eu ter isso agora, eu quero só estes minutos para me ter a mim, para me aconchegar e ouvir tudo aquilo que eu tenho para me dar.
é isso que sinto que muitas vezes não me deixo fazer, deixo o dia dar-me tudo, deixo as horas passar com a velocidade que as tarefas decidem, mas e eu ? eu falto-me, eu não me dou tempo para me ter, para me curar.
apesar de muitas das vezes a cura estar no facto de não se pensar porque quanto mais se pensa mais se pondera e há coisas na vida que não se devem ponderar, que não merecem sequer esse esforço, tem que haver sempre tempo para a paz se instalar, para nos encontrarmos e sermos capazes de decidirmos o que fazer e quando fazer.
por muito que as coisas não valham o esforço, vale a pena perder um tempo para as descartarmos de uma vez. seremos muito mais saudáveis sem coisas a remoer os nossos pensamentos, sem sentimentos mal acabados.
a vida é tão nossa, e tão sem nós ao mesmo tempo. damos o nosso tempo aos outros, vivemos ocupados no nosso dia-a-dia e somos absorvidos de tal modo por isso que nos esquecemos que o mais importante para a plenitude é estarmos bem interiormente connosco.
deste modo aprendi que mais importante do que qualquer pessoa me possa dar é eu conseguir dar-me tudo aquilo que me faz bem, é dar-me tempo de assimilar, de decidir e de traçar o meu caminho para alcançar tudo o que eu quiser. quando essa altura chega tudo se torna mais claro, mais possível e tenho a certeza que me dará mais prazer ainda lutar pela vida que eu própria me quero dar, que eu quero ter.
a felicidade não se alcança, é um estado de espirito que encaramos e para isso precisamos de nos ter por completo antes de querer partilha-lo com alguém.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Seja onde for, quando for

cada dia bom faz um bom ano e bons anos uma boa vida

chegaram os teus 20