Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2015

a maior das felicidades

Imagem
não me quero alongar porque na verdade não quero escrever sobre nada. é estranho, quero só escrever porque isso me dá prazer e na verdade nada mais nos pode fazer feliz que fazer aquilo que gostamos.
outrora teria uma lamentação a fazer, uma pessoa para felicitar, um bom momento a recordar ou uma história para contar, e embora seja possível eu ter isso agora, eu quero só estes minutos para me ter a mim, para me aconchegar e ouvir tudo aquilo que eu tenho para me dar.
é isso que sinto que muitas vezes não me deixo fazer, deixo o dia dar-me tudo, deixo as horas passar com a velocidade que as tarefas decidem, mas e eu ? eu falto-me, eu não me dou tempo para me ter, para me curar.
apesar de muitas das vezes a cura estar no facto de não se pensar porque quanto mais se pensa mais se pondera e há coisas na vida que não se devem ponderar, que não merecem sequer esse esforço, tem que haver sempre tempo para a paz se instalar, para nos encontrarmos e sermos capazes de decidirmos o que fazer e …